Roomcast 103 – Let’s Play (AAAI! Edition)

OuvirWild Mendonça, Fábio Sooner e Thiago “TLX” falam sobre Mirror’s Edge: Catalyst, Psychonauts e mais Horizon: Zero Dawn, agora na perspectiva de um fã de hack n’ slash. Além disso, a conversa fluiu para emulação, jogos do PS2 no PS3/PS4, trilhas sonoras com clima oitentista, jogar consoles antigos em TV digital e mais! Clique aqui para baixar!

Continue lendo “Roomcast 103 – Let’s Play (AAAI! Edition)”

Blog da PlayRoom: novo layout, player de áudio nos casts

Se você ainda não conferiu o blog da PlayRoom hoje, dê uma passada lá: além do Roomcast da semana ter saído hoje, mudamos o layout geral e adicionamos um player de áudio direto – especialmente bom para quem prefere ouvir os casts na Web e não gosta do player do Podcast Garden (eu mesmo não sou muito fã).

Modéstia à parte, ficou bem legal mesmo!

Nove verdades e uma mentira sobre Mass Effect: Andromeda

Para quem não pescou a referência, este artigo se baseia em uma dessas “correntes” bobas de Facebook. É claro que nada aqui é literalmente uma “verdade” ou “mentira”, e sim opiniões subjetivas sobre o jogo. Para constar, estou com cerca de 50 horas nele, então mesmo algumas dessas opiniões ainda podem mudar.

Muita coisa está sendo dita sobre Mass Effect: Andromeda, mas no meio dos zilhões de GIFs e vídeos sacaneando algumas das falhas iniciais de animação, às vezes é meio difícil conseguir se concentrar em coisas realmente importantes sobre ele. A imagem geral acaba sendo ditada mais por um detalhe cosmético do que pela substância do jogo, e sinceramente, acho isso bastante raso. Parte do que se segue já foi dito por mim em podcasts como o mais recente da PlayRoom, mas é bom registrar em texto e acrescentar mais alguns detalhes.

Continue lendo “Nove verdades e uma mentira sobre Mass Effect: Andromeda”

Aluguel do filme de Assassin’s Creed a 50 cents na PSN

Sim, é isso mesmo. Se você não costuma fuçar na PSN, saiba que, nas contas gringas, você pode alugar o filme de Assassin’s Creed por apenas 50 centavos de dólar no momento – preço exclusivo para assinantes da Plus, porém.

Não tenho certeza se a transmissão funciona mesmo estando no Brasil, mas vale a pena testar. O aluguel vale por 30 dias, mas dura apenas 24 horas a partir do momento em que você começar a assistir o filme. Se alguém testou esse tipo de coisa e funcionou, por favor, comente aqui. Estou pensando em botar grana na PSN para outra coisa, e se sobrar 50 cents, talvez acabe vendo o filme este domingo.

Roomcast 102 – Let’s Play

O trio do barulho conta suas aventuras muito loucas na escola, nos reinos medievais, na Bolívia, no inferno e no espaço! Wild Mendonça, Fábio Sooner e TLX falam de Dark Souls 3, Lichtspeer, Mass Effect: Andromeda, Devil May Cry 4: Special Edition, Ghost Recon: Wildlands, Persona 5 e muito mais! Clique aqui para ouvir!

Continue lendo “Roomcast 102 – Let’s Play”

Godmode 282 – Drops

Godmode_blog_title3Mais uma vez estive lá no Godmode Podcast Drops, falando – ou melhor, tentando falar, né – sobre BayonettaBulletstorm: Full Clip Edition no PC, além de Mass Effect: AndromedaPersona 5. Também comentamos sobre Yooka-Layle, o novo evento de Overwatch, Snake PassNier: Automata, entre outros assuntos aleatórios. Clique aqui para baixar e/ou ouvir!

Persona 5 – Easy Allies review

Eu tenho trezentos milhões de coisas para falar e escrever sobre Persona 5, e vocês vão poder ouvir o começo de tudo nos próximos dias, quando saírem os novos episódios do Roomcast e do Godmode Podcast. Mas enquanto o trabalho me impede de escrever e falar mais, fiquem com a melhor resenha em vídeo do jogo que vi até agora, a do Easy Allies.

É concisa, passa por todos os pontos importantes e dá uma bela palhinha visual e auditiva do absurdo criativo do jogo, sem entregar muito das surpresas e coisas novas interessantes. Ainda assim, talvez seja melhor evitar assistir se você já tiver certeza de que vai jogar de qualquer jeito – tem coisas de jogabilidade ali que fiquei muito surpreso e feliz de descobrir por conta própria, e se você é fã, recomendo descobrir você mesmo também.

Mas se você ainda tiver dúvidas, especialmente se não for muito fã de JRPGs/combate por turno, assista agora mesmo: Persona 5 está muito além do gênero – e até da própria série – ao qual pertence, e precisa ser jogado por qualquer gamer que tenha um PS3 ou PS4 e mais de dois neurônios.

Melhores de 2016: Fechando o caixão

melhores2016Este artigo faz parte da série Melhores de 2016, com os games lançados este ano que este blog considera que devem ser jogados por quem puder. Consulte a página Melhores de 2016 – Lista de categorias para ver as categorias do ano e o artigo Segurem essa lista de 2016 para ver quais jogos são candidatos a todas as categorias.

Estamos já no meio de abril em um ano entupido de lançamentos candidatos a Jogo de 2017, então não vai ter jeito: vou precisar condensar todos os vencedores das categorias de 2016 que faltam em um último artigo. É uma pena não poder fazer menções honrosas e comentar quase-vencedores, mas paciência. Entre trabalho pesado (o dinheiro para o Nintendo Switch tem que vir em algum momento, né) e dois jogos linha tira-vida-de-mais-de-100-horas como Persona 5Mass Effect: Andromeda, é melhor fechar esse caixão logo para poder voltar aos artigos mais “em cima da pinta”. Vamos então aos vencedores que faltavam, de Melhor Trilha Sonora até Jogo de 2016:

Continue lendo “Melhores de 2016: Fechando o caixão”

Bayonetta no PC: que port, meus amigos

Play Room

Meio que de sopetão, a SEGA anunciou e lançou Bayonetta, o clássico de hack n’ slash da Platinum Games na geração passada, no Steam esses dias – a meros 30 reais e com suporte a computadores modernos/resolução 4K.

Quer saber se o port está bom? Então confira abaixo o jogo rodando em uma GTX 970, com tudo no talo e supersampling 2x (técnica em que o jogo renderiza no dobro de Full HD e depois reescala de volta a 1080p, suavizando as bordas e eliminando a necessidade de antialiasing). É essa lindeza toda, praticamente sem cair de 60 frames, mesmo fazendo a gravação ao fundo também em 60 frames. Que port, meus amigos. Que port!

Ver o post original

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: