Melhores de 2017: Lista de categorias

Ainda estou jogando algumas coisas, mas já dá para revelar a vocês as categorias dos Melhores de 2017 deste blog! A fórmula geral não mudou, mas talvez eu introduza alguma novidade nos artigos em si – ainda estou matutando, então aguardem janeiro para ver se rola. Para quem nunca acompanhou, os Melhores daqui incluem uma série de categorias por gênero de jogo, plataforma lançada e áreas de competência. No caso das de plataforma, as Exclusividades não são afetadas por lançamentos no PC, que por sua vez não tem categoria própria – Multiplataforma basicamente cobre a “master race”.

Como nos anos anteriores, as categorias com menos de cinco “concorrentes” são agrupadas em uma lista de “subcategorias”. Geralmente “sobra” para alguns gêneros específicos nessa hora, mas assim como em 2016, a de uma plataforma foi “rebaixada”: Exclusivo de Xbox. Se no ano passado a Nintendo foi a “vítima” por conta da seca pré-Switch – e em 2017 vimos muito bem o motivo – este ano a Microsoft parece ter se concentrado bem mais em lançar serviços e um novo modelo de console premium ao invés de exclusivos suficientes.

Nas categorias em si, uma “rodou” completamente por falta total de candidatos, Música/Ritmo, e incluí uma nova, Jogabilidade, para cobrir excelência em áreas como sistemas, mecânicas e design de mapas e áreas. Além disso, eu sou uma pessoa só e não consigo jogar tudo, então vocês podem sentir falta de jogos importantes; confiram a lista de todos os possíveis candidatos neste artigo. Mas vamos ao que interessa, as categorias:


Honrarias diversas

“Subcategorias” (joguei menos de cinco títulos)

Categorias por Gênero

Categorias por Plataforma

Categorias Gerais

Parabéns, você achou o easter egg desta lista! Mas não se anime: os “vencedores” aqui são provisórios. Vamos ver se algo muda… E não entregue a coisa nos comentários!

Anúncios