Pera, isso é mesmo uma história de Gears of War?

gearsofwar4capaOntem chegou Gears of War 4 aqui. O preço do jogo simplesmente despencou em menos de um mês, chegando quase à metade mesmo em grandes cadeias, então resolvi aproveitar. A jogatina de Gears of War: Judgment que transmitimos lá no canal da PlayRoom no YouTube tinha me deixado na pilha, então vamos nessa.

Só joguei cerca de duas horas, ou três capítulos da campanha, mas já foi o suficiente para aliviar boa parte das preocupações que tive no beta. O visual está bem melhor e a jogabilidade tem outras novidades, como cenário destrutível, inimigos totalmente novos e, principalmente, uma narrativa que quase não parece ser de Gears, em termos de tom.

Calma, o básico continua lá: cenário de guerra, gente falastrona, momentos tensos de segurar uma onda de ataque, essas coisas todas. O legal é que a The Coalition parece ter tido muito mais cuidado com outros detalhes, como diálogos, desenvolvimento de personagens e variação de situações. Em alguns momentos, a campanha lembra até um pouco Uncharted em termos de tom (e somente nisso!), talvez pelo protagonista JD ser uma versão trapézio-bombada de Nathan Drake, tanto em personalidade quanto no rosto e nas expressões.

gearsofwar4jddrake

Falando nele e nos personagens em geral, os fãs mais doentes que me desculpem, mas esse grupo de protagonistas é o mais carismático da série com muita folga. Não que sejam personagens de primeira linha em termos de desenvolvimento, mas esse sempre foi o maior ponto fraco de Gears: Marcus, por exemplo, era quase uma casca vazia até lá pelo meio do terceiro jogo, assim como Baird e vários outros. Somente Cole Train e Dominic Santiago tinham um arremedo de profundidade e carisma. Os quatro do novo Gears já estão tão desenvolvidos quanto Cole e Doc em meras duas horas, e todos têm carisma. É uma evolução notável.

Além disso, a campanha começa bem demais, com flashbacks para situações dos três jogos anteriores e relembrando protagonistas que ficaram pelo caminho. Não é nada que repasse maiores detalhes das tramas, mas evoca bem demais o tema geral de cada uma. Ficou tão bem feito que até eu, que não lembrava de quase nada e nunca fui tão fã assim de Gears, fiquei com vontade de rejogar o 2 e o 3. Ainda por cima, essas minifases-flashback são muito boas do ponto de vista do design; a que relembra o 3 é especialmente tensa, como poucos momentos que vi na série.

gears-of-war-4-port-review_0Vamos ver como tudo se desenvolve e se o multijogador está legal. Continuem acompanhando o blog para saber mais do que achei de Gears of War 4 em breve!

Anúncios

2 comentários em “Pera, isso é mesmo uma história de Gears of War?

Adicione o seu

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: