Update na correria de fim de ano… e para terminar Skyrim

Atualização para não deixar o blog esvaziado por mais do que quatro dias:

forza-horizon-3-e3-2016-screenshots-danger-signA partir de agora e até janeiro, o ritmo de trabalho no ramo de tradução de jogos tende a diminuir, mas por enquanto essa desacelerada não rolou. Uma série de DLCs ou pequenos updates para o Halloween me mantiveram bem ocupado nos últimos dias. Com isso, jogos como Mafia IIIForza Horizon 3 e Destiny: The Taken King ficaram “em suspenso”. Quando tive tempo, foi só para dar uma olhada em novidades – com uma notável exceção…

Ainda quero terminar mais jogos de VR para fazer aquela resenha prometida. Calma que sai. Na correria do momento, até tirar o acessório da caixa e conectá-lo dá um pouco de preguiça.

tf2_screenshot_sp_jack_hallway_092616_wm-0Acabei me empolgando com as resenhas e peguei Titanfall 2. Joguei cerca de duas horas da campanha e, por enquanto, me impressionou bastante. Estava preocupado com a adaptação da mobilidade de Titanfall para uma campanha de tiro “normal” em corredor, mas a Respawn parece ter encontrado um bom meio-termo: áreas com boa largura e distância para todo tipo de ataque e colecionáveis que às vezes exigem algum parkour bem-feito. Além disso, por enquanto o roteiro e o clima estão bem interessantes, com destaque para os diálogos com o titan BT.

O que anda “atrasando” este blog, porém, é… Skyrim Special Edition.

É, podem acreditar. Cinco anos depois, iniciando o jogo pela terceira ou quarta vez, finalmente ele me prendeu para valer. Sim, os efeitos de iluminação, névoa e sombra e as (muitas!) cores extras ajudam, mas isso não é o principal; na verdade, para quem jogou no PC, o visual não melhorou tanto assim. Inclusive, algumas texturas, como as das pedras, ficaram com cara um pouco cel-shading graças aos novos efeitos – algo aparentemente não-intencional, mas que estou até curtindo.

skyrimspecialdragao
Nunca Skyrim foi tão… colorido (não sem mods, pelo menos)

O que pega é que… Acho que descobri um “jeito certo” pessoal de apreciar o jogo, ainda que meio contra o senso comum sobre os pontos fortes dele. Nesse “jeito certo”, estou empolgado para terminá-lo como nunca aconteceu antes.

É o seguinte: fiz um mago “total”, focado em Destruição, que não usa arma nem escudo, nunca sai andando pelo mundo à toa e não se distrai muito dos objetivos. 90% do tempo é voltado a seguir a trama principal diretamente via fast travel ou viagem de carruagem, e os outros 10% são para missões paralelas que sejam diretamente benéficas para o personagem, como as do College of Winterhold ou que concedam itens e conhecimentos voltados à magia.

Perder-se no mundinho lá? Não senhor. Já passei dezenas e dezenas de horas assim e Skyrim acabava enjoando antes da trama realmente esquentar. Com foco quase total como agora, estou vendo as melhores partes da trama principal em uma sequência lógica rápida, que valoriza o impacto dos acontecimentos. É um problema que todo jogo de mundo aberto tem, mas a trama de Skyrim, que já não era essa Coca-cola toda, sofria o triplo com a dispersão. Ela precisa de um certo senso de urgência para funcionar.

dragaoburrocollegewinterhold
Isso, dragão, pousa mesmo em uma área cercada e cheia de magos… /facepalm

Além do mais, o resto do mundinho vai continuar lá mesmo depois de tudo terminar, incluindo os DLCs que nunca cheguei a jogar porque nem conseguia ter ânimo de encerrar a trama principal. Ir atrás apenas das missões paralelas que tenham muito a ver com o personagem mantém a imersão e o senso de roleplay intactos, também. Por fim, jogar com um mago ignora o que mais me incomoda na jogabilidade de Skyrim: o combate corpo a corpo. É a fórmula correta para mim.

O único problema é que esse é o momento mais errado para querer terminar Skyrim. Por isso, fiz uma promessa a mim mesmo: vou acelerar essa trama ainda esta semana e, daqui até o fim do ano, só jogarei jogos inéditos de 2016, em especial do segundo semestre. Isso quer dizer, por exemplo, que não vou correr para terminar Shadow Warrior ou Dishonored para jogar as sequências. Ou elas ficam para o ano que vem, ou vou jogá-las sem ter terminado os antecessores mesmo. Paciência.

Vamos ver se isso dá certo.

Anúncios

Um comentário sobre “Update na correria de fim de ano… e para terminar Skyrim

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s