Watch_Dogs 2: maior, melhor e mais divertido?

Quem sabe? A Ubisoft acabou de divulgar três vídeos do jogo que dão conta de algumas coisas. Em primeiro lugar, vamos ao trailer de anúncio oficial:

Até aí, nada de mais: o típico trailer cheio de cortes, música espertinha e velocidade para dar aquela cara de filme de ação. Não fede, não cheira e não revela nada além da cidade onde o jogo se passa (São Francisco).

Já o segundo vídeo é apenas uma colagem de animações “apresentando” o novo protagonista, Marcus Holloway, sem mostrar nenhum gameplay. Não vale a pena nem incorporar no post; sigam este link se quiserem conferir.

O filé mesmo é o vídeo completo de 18 minutos, com algumas explicações dos desenvolvedores e trechos do jogo rodando (a partir dos 4:45 minutos, mais ou menos). É aí que descobrimos que:

  • Personagens não controlados pelo jogador agora reagem uns aos outros.
  • Lucien Soulban é um dos autores. Por que isso é significativo? O cara tem um ótimo currículo em RPGs da White Wolf (Dark Ages: VampireOrpheus etc.) e está indo bem na própria Ubisoft, incluindo Rainbow Six Vegas e os Far Cry 3, 4 e Blood Dragon. Nada do outro mundo, mas melhor do que a história esquecível do primeiro Watch_Dogs.
  • Marcus é praticante de parkour. Algumas cenas mostram movimentos comparáveis a Assassin’s Creed, misturados com parkour moderno.
  • Ele usa como arma uma bola de bilhar em uma corda. Sério. Arma de mão improvisada que acharam como fazer na internet. Inception total.
  • Deram um “tapa” na essência do DedSec, deixando o grupo de hacker mais “trollador”. Espero que isso leve a um pouco mais de humor no jogo. Por favor! O primeiro precisava desesperadamente disso.
  • Prometeram que o hacking vai ter mais profundidade e que qualquer pessoa poderá ser alvo. Como exemplo, mostraram controle de carros à distância e a possibilidade de hackear várias pessoas ao mesmo tempo. Falaram que pessoas poderão ser hackeadas “de várias formas”, mas mostraram apenas a distração de fazer o celular delas tocar, que já estava disponível em alguns NPCs específicos do primeiro jogo. Vamos ver até onde isso vai na versão final.
  • Há mais gadgets também. O vídeo mostra um taser feito em impressora 3D, um carrinho de controle remoto, um braço mecânico autônomo e um drone pessoal.
  • Prometeram que a dirigibilidade dos veículos será melhor e mais acessível, sem sacrificar as diferenças entre tipos distintos. Também disseram que há mais elementos de física na direção. Só vendo com o jogo na mão, mas seria ótimo.
  • A maior surpresa: o jogo terá co-op 100% integrado. Você pode literalmente topar na rua com um jogador no seu mundo de jogo, mesmo que os dois estejam jogando single-player. Aí é só adicioná-lo a um grupo e fazer as coisas em conjunto – com direito a emotes e tudo mais.
  • Por fim, a data de lançamento: dia 15 de novembro. Sim, sai ainda este ano.

A nota triste fica para nós, brasileiros: a pré-venda já começou e no uPlay, a versão de PC está R$ 160, seguindo a tendência de outras empresas, como a Bandai. Paciência, pelo menos não chegaram ao nível Bethesda de cobrar R$ 230 por Doom.

Confiram tudo isso no vídeo completo (que tem os dois trailers acima no meio):

Anúncios

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: