Vampire the Masquerade: Bloodlines é um dos melhores RPGs da história até hoje, 12 anos depois. Ponto. Só foi alcançado por Mass Effect, Persona/Shin Megami Tensei e The Witcher. Nada nas séries Elder ScrollsDragon Age, FalloutDeus ExBaldur’s Gate, Final Fantasy, o que for, chega sequer perto. Infelizmente o jogo saiu apenas para PC e em um estado meio precário, com direito até a bug que impedia o progresso – e só era resolvido com mod, uso de linha de comando ou patch criado por fãs.

Por isso mesmo, quandoe me perguntam que jogo eu gostaria de ver retornar ou ganhar uma sequência, sempre me lembro de Bloodlines. Já ficaria bem contente com um remake HD no Steam com suporte a controle. Não preciso de nada além disso, nem mesmo que reinsiram o conteúdo que foi cortado para que não perdessem a data de lançamento. E aos poucos temos mais pistas de que esse sonho pode acontecer mesmo, como percebeu a PC Gamer.

Capa de Vampire: the Masquerade - Bloodlines (PC)

Em outubro do ano passado, a Paradox Interactive adquiriu a White Wolf, incluindo os direitos dos videogames. Logo depois, a Obsidian fez uma gracinha no Twitter sobre os pedidos dos fãs para voltar a trabalhar com Vampire – a empresa nasceu da Troika Games, responsável por Bloodlines.

Só isso já era motivo suficiente para ficar de orelha em pé. Não foi o tipo de aquisição que se faz à toa, ainda mais quando se sabe que a Paradox só trabalha com jogos eletrônicos, não RPG de papel, que nem rende muito dinheiro mais. Alguma coisa eles vão fazer com Vampire em videogames. E aí veio a PC Gamer e juntou mais pontos ainda.

  • A Paradox já publicou um jogo de sucesso recente da Obsidian, Pillars of Eternity, e vai publicar o próximo, Tyranny.
  • Um dos programadores de Bloodlines (e do primeiro Fallout), Tim Cain, está na Obsidian como programador sênior.
  • Recentemente, a Obsidian contratou Leonard Boyarsky, ninguém menos do que o líder de projeto e diretor de arte de Bloodlines. E não deve ter sido uma contratação simples, já que tiraram ele da Blizzard, onde trabalhou com Diablo III.
  • Por fim, como a PC Gamer descobriu hoje, a White Wolf renovou a marca “Vampire Bloodlines” no final de abril – e a descrição menciona apenas jogos eletrônicos, seja para PC ou dispositivos móveis.

A White Wolf não confirmou se vai fazer alguma coisa com a marca, mas é tudo coincidência demais para não vermos algum tipo de anúncio da Paradox em breve – talvez na E3. Eu estou apostando no remake do jogo original para PC e PS4, talvez na conferência da Sony, que anda muito envolvida com projetos de resgate de jogos cult para a geração atual. E aí, o que vocês apostam?

VampireBloodlinesMemeReinstall

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s