Hoje (segunda 18 – o dia só “vira” quando você vai dormir, certo?) começou o beta de Gears of War 4 no Xbox One para quem adquiriu Gears of War: Ultimate Edition no ano passado. Na segunda que vem, dia 25, começa a fase aberta a todos do beta.

Acabei de experimentá-lo por 6 partidas – cerca de uma hora – no novo modo de Team Deatmatch contra bots de “IA hardcore”. As primeiras impressões são simples: é Gears of War, para o bem e para o mal. Mais para o mal, na verdade.

Não há praticamente nada de novo que seja digno de nota. Se você jogou o multiplayer da Ultimate Edition, é a mesma coisa, só que com mapas novos. O visual parece até um pouco pior e está a 30 frames, embora talvez seja apenas no beta (no jogo anterior, o multiplayer rodava a 60). A única mudança real de jogabilidade é poder “puxar” um adversário que estiver do outro lado da mesma cobertura, atordoando-o por poucos segundos e permitindo algumas execuções.

Gears-of-War-4-Beta-Screenshot-700x464

Não há amostra da campanha, apenas multijogador. Além do Team Deathmatch tradicional e o com bots, há um modo novo, Dodgeball, em que você só tem uma vida e matar um adversário “revive” um companheiro. Não experimentei ainda, mas pela descrição, é apenas mais um modo team deathmatch com contagem de vidas e regras de respawn alteradas. E o matchmaking está um pouco demorado, chegando a 2 minutos – de novo, talvez por estar em beta.

A única novidade além disso são as Bounties, ou cartas (sim, CARTAS DE NOVO – porra, Microsoft!) que você seleciona antes de iniciar a partida. Escolha uma, cumpra o objetivo nela durante a partida e ganhe a recompensa listada ao final. Todas as cartas que eu vi concediam apenas XP, seja um valor fixo ou uma porcentagem extra, e só o que variava era a Raridade e o objetivo (mate X adversários, vença a partida, faça X pontos, nada além do básico e usual). Pelo que li, elas virão em “engradados”, ou seja, “pacotinhos” que você compra com créditos do jogo – como em Halo 5.

gears-of-war-4-multiplayer-beta

Esse Gears of War consegue parecer ainda mais datado do que o remake do ano passado – talvez porque a nostalgia/saudade já tenha sido saciada, e há pouco tempo. A sensação é que o jogo fica mais lento a cada ano que passa, mesmo que não tenha reduzido velocidade alguma. Em pleno 2016, ter que apertar o botão A várias vezes para correr, “grudar” na cobertura e pular sobre ela (total: 3 vezes) é meio ridículo. Se você anda jogando The Division, prepare-se para sentir muita falta da mecânica de apontar a câmera para a próxima cobertura – mesmo distante – e segurar um botão para correr e se esconder atrás dela.

Não que eu ache que Gears of War precise ser descaracterizado, mas um pouquinho de modernidade nas mecânicas básicas não iria fazer mal algum (e não, cartas EM MAIS UM JOGO DA MICROSOFT não contam). Se não é agora, no início de uma nova trilogia e um ano após um remake para agradar a galera, vai ser quando?

GearsOfWar4BetaRewards

Pelo menos os mapas são muito bem desenvolvidos e mais “coloridos”, e se você jogar até o nível 20, ganha um conjunto de brindes para a versão final. Se não tiver jogado a Ultimate Edition, vai poder matar a saudade com estilo. Mas não parece passar disso, ao menos no multijogador. Por enquanto, foi para a categoria “esperar as resenhas e/ou uma queda de preço”, ao lado de Doom. Pena.

4 comentários sobre “Primeiras impressões: beta de Gears of War 4

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s