Três horas de Star Wars: Battlefront depois…

1804099_0…via trial do EA Access no Xbox One e sem sequer entrar no multijogador ainda, eis as primeiras impressões.

  • O jogo pode não ter campanha solo tradicional, mas a quantidade de conteúdo que pode ser jogado solo parece mais do que adequada, e deve me prender por mais horas do que qualquer campanha de Battlefield ou Call of Duty.
  • E isso mesmo desconsiderando replays para cumprir objetivos/superar tempos/encontrar colecionáveis. Aliás, não achei um sequer. Parecem as caveiras de Halo
  • Entre 6 missões de tutorial/treinamento (incluindo veículos diferentes e “heróis” do Lado Negro), 8 missões 1×1 e pelo menos 4 de Sobrevivência (com 15 ondas de inimigos e 3 dificuldades cada), é bastante coisa.
  • Correr no meio da floresta de Endor com motos voadoras e derrubar AT-Ts com cabos é algo que abre um sorriso no rosto até de quem não é tão fã de Star Wars. Nunca vou enjoar disso.
  • Cada missão dessas, mesmo as de treinamento, pode ser jogada em co-op (ou contra nas 1×1), seja online ou em tela dividida. Tem que levantar as mãos aos céus para cada jogo que tem tela dividida hoje em dia. Black Ops III tem, mas Halo 5: Guardians não, por exemplo.
2916877-star_wars_battlefront_e3_screen_2___survival_mission_tatooine_wm
Sim, o visual é isso aí, mesmo no console
  • O visual continua acachapante como no beta – e com as áreas extras disponíveis, também mais variado artisticamente. Os modos de Sobrevivência parecem mais expansivos do que o disponível no beta. E no jogo final há uma penca de referências divertidas, como ewoks se escondendo do tiroteio no mapa de Endor.
  • O potencial de zoeira do jogo já era bem visível no beta (descanse em paz, Luke! Você também, Vader!). Agora imaginem que até uma missão de treinamento termina com uma cena de um stormtrooper enfiando uma moto voadora em um walker aliado. Os desenvolvedores sabiam do potencial para “humor emergente” dessa bagaça…
  • Ainda não decidi se é melhor jogar em 1ª ou 3ª pessoa. No Sobrevivência, 1ª pessoa parece melhor para enxergar inimigos de longe – a mesma impressão que tive nos mapas multijogador maiores no beta. Nas outras missões “offline”, joguei em 3ª de boa. Bom sinal poder variar à vontade sem cagar o jogo.
  • jar-jar-binks-1024x768
    Porra, DICE! Foi ele que programou isso?… (não, não vi o Jar Jar no jogo)

    E falando em cagar… Só para nos lembrar que ainda é um jogo da DICE, após 3 horas ele travou total – bem na última onda de 15, após meia hora de partida😛 – e nunca mais iniciou novamente. O Xbox One exibia um erro dizendo “não foi possível iniciar o game ou app” e pedindo reinicialização do console… O que não resolveu.

  • Como fiz pré-venda do jogo no PS4 em versão digital, já baixada, e ela libera terça que vem, desinstalei do One e deixei quieto por enquanto. Se der na telha baixo de novo no fim de semana e vejo se volta ao normal.
  • Mas fiquem espertos, porque em tese a versão trial ainda é o jogo completo, só com limite de 10 horas de uso. Vamos ver nas resenhas se o jogo sai bugado como aconteceu com os últimos Battlefield

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s