Melhores de 2013: PC

Melhores de 2013 Re: GamesEste artigo faz parte da série Melhores de 2013, com os games lançados este ano que este humilde blog considera que devem ser jogados por quem puder. Este ano, o blog volta a dividir os jogos em categorias, por pura falta de tempo de fazer resenhas para uma grande quantidade de jogos. Consulte a página Melhores de 2013 – Lista de categorias para ver as outras categorias já publicadas e o artigo Teaser: Melhores do ano? Toma 50 para começar para considerações gerais e uma pré-lista com 50 jogos de 2013.

Jogar no PC nunca foi tão fácil. Quem passou pela experiência de instalar, configurar e jogar em um computador dos anos 80 até o final dos “00” sabe o perrengue que era; hoje você compra jogo no Steam em reais (e parcelado!), faz o download em tempo recorde, deixa o Steam cuidar de toda a instalação para você, entra no modo Big Picture com um controle de Xbox 360 sem fio, liga a TV conectada ao PC via HDMI e joga reclinado no sofá versões mais detalhadas e com melhor taxa de quadros por segundo do que as de console (e que ainda por cima custaram menos). Não à toa, o PC sacudiu as previsões de que “morreria” como plataforma de jogos e está mais forte do que nunca.

Screenshot de Rogue Legacy (PC)
Momento SAI PRA LÁ FILHOTE DE CRUZ-CREDO! em Rogue Legacy

Em 2013, a enxurrada de títulos inéditos no Steam após a instituição do Greenlight (aprovação de jogos pela comunidade) e do early access (acesso antecipado a jogos em versão alfa e beta) garantiu horas de diversão para quem tem um PC e espírito aventureiro. Porém, com as lojas online da Sony, da Nintendo e – vá lá – da Microsoft tentando capturar os indies também, o PC não teve tantos exclusivos quanto poderia. Mas o que veio, veio com tudo – tanto que todos os jogos selecionados para esta categoria já foram lembrados em outras. TrackMania 2 Stadium manteve meu interesse por velocidade “ligado” durante a maior parte do ano. Antichamber, Gone Home Gunpoint foram lembrados como alguns dos melhores jogos de quebra-cabeças e/ou exploração de 2013Shadow Warrior foi uma grata surpresa entre os FPS – e das antigas, como no tempo em que o gênero só funcionava direito no PC. E o divertidíssimo Rogue Legacy foi citado na categoria Melhor RPG, embora também pudesse ser considerado um jogo de plataforma 2D, de exploração ou hack n’ slash, a gosto do freguês.

Embora o PC esteja cada vez mais acessível – ou seja, mais “console” – existe um aspecto no qual ele ainda domina: as modificações, ou mods. E o melhor exclusivo para PC de 2013 nasceu como, adivinhem, um mod, mas acabou virando um produto completo e um experimento único. E esse jogo é…

========== 2013 ==========

The Stanley Parable (PC)

The Stanley Parable (PC)
Só no PC alguém poderia lançar um jogo sobre abrir portas

Pode até ser que The Stanley Parable acabe saindo em uma PSN da vida – nunca diga nunca – mas ainda assim, ele continuaria representando exatamente o tipo de coisa que se espera surgir no ecossistema dos PCs. Além da sua origem como mod, o jogo é um experimento e um comentário sobre design de jogos, algo que em geral não tem tanta ressonância entre o jogador médio de console, que provavelmente está lá só para se divertir. Além do mais, é no PC que surgem os desenvolvedores – inclusive os de jogos para console – e The Stanley Parable também tem um ar de desabafo pessoal, de material feito de desenvolvedor para desenvolvedor, para introduzir questionamentos na linha “o que estamos fazendo no design dos jogos atuais”? E como a melhor maneira de apreciar The Stanley Parable é mergulhar nele com o mínimo de informação possível, como já escrevi na categoria Melhor Jogo de Puzzle/Exploração, vamos encerrar por aqui e deixar apenas a dica: jogue The Stanley Parable. Sim, seu PC deve rodá-lo, nem que seja no Mínimo. O visual pouco importa. Vai fundo.

========== 2013 ==========

Games que não joguei e poderiam ter entrado nesta categoria: ShootMania Storm, Strike Suit Zero, A Valley Without Wind 2, Sword of the Stars: The Pit, SimCity, The Showdown Effect, Starcraft II: Heart of the Swarm, Surgeon Simulator 2013, Anomaly 2, The Incredible Adventures of Van Helsing, The Swapper, Marvel Heroes, Magrunner: Dark Pulse, Company of Heroes 2, Teleglitch: Die More Edition, Shadowrun Returns, Total War: Rome II , Amnesia: A Machine for Pigs, ArmA III 

2 comentários sobre “Melhores de 2013: PC

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s