Melhores de 2012 – Syndicate (PC/PS3/X360)

2012
Best of

Este artigo faz parte da série Melhores de 2012, com os games lançados este ano que este humilde (cof) blog considera que devem ser jogados por quem puder. Não vou escolher quem é melhor em categoria A, B ou C, e sim apenas X jogos de destaque, em ordem cronológica, com seus pontos fortes listados. Entenda melhor essa lógica no artigo Melhores de 2012: Experimentando um novo modelo.

Disponível para PC, PS3 e Xbox 360. Data de lançamento: 21/02. Preço atual: R$ 40 (PC/Origin)

Assim como no caso de Gotham City Impostors, é muito fácil ter um pé atrás com Syndicate antes mesmo de jogá-lo. Escolha o seu motivo para ser chato de galocha: “transformaram uma franquia de estratégia em um FPS!”, “mais um FPS a essa altura!?”, “a EA só pensa em dinheiro!!!”, blá blá blá. E dane-se o fato de que a franquia estava morta porque, na boa, não tinha público para durar; de que o gênero FPS precisa de opções além do shooter militar à Michael Bay; e que a EA pode até pensar muito em dinheiro, mas pelo menos o reinveste chamando uma produtora de qualidade como a Starbreeze (The DarknessChronicles of Riddick) e disponibilizando a melhor tecnologia que ela tem, mesmo em um projeto mais ou menos arriscado como esse (na boa, lançar um novo Syndicate a essa altura é quase o mesmo que lançar uma nova franquia).

E no final das contas, o jogo fez jus à atmosfera do original, que é o mais importante para justificar o uso do nome Syndicate. Corporações opressoras, agentes com cyberimplantes e total falta de moral, divisão clara entre os que têm posses e os que não têm… Até detalhes como roupas, pichações e design de fases remetem diretamente ao RTS original. A jogabilidade, é claro, quanta diferença; mas aí ela se destaca em relação a outros jogos do seu gênero, também o que realmente importa. Se você está acostumado com a lógica “siga o líder” dos Call of Duty e derivações recentes, pode até ter problemas para jogar Syndicate: algumas áreas exigem uma boa olhada em volta para descobrir o que pode ser usado contra seus inimigos, e ninguém estará lá para “cantar a bola” para você. Tu é um superagente; se vira, nego!


Puzzles - Melhores de 2012Pontos altos

‡ Atmosfera   ‡ Co-Op   ‡ Dificuldade (Desafio)   ‡ Efeitos Sonoros
‡ Excelência Técnica   ‡ Inteligência Artificial


Tudo isso é possível graças ao chip inplantado na sua cabeça, que permite coisas divertidas como mandar um inimigo se suicidar, travar a arma dele, hackear turrets para que ataquem seus alvos ou baixar/levantar painéis que servem de cobertura (inclusive expondo inimigos se for o caso). A versatilidade do seu agente é que torna o jogo imprevisível para um FPS moderno – e também o que carrega nas costas o interessantíssimo modo co-op do jogo, uma das experiências de multiplayer mais difíceis e recompensadoras dos últimos anos: junte mais três amigos e tente cumprir objetivos em fases que não param de tacar na sua cara inimigos com uma ótima inteligência artificial. Nada de moleza, agente: tem que pensar rápido e seguir em frente logo, ou todos acabarão mortos antes de se darem conta.

Tirando o exagero nos reflexos de iluminação, que podem cegá-lo em certos momentos da campanha, o jogo tem uma excelência técnica que vai além do normal, especialmente na parte sonora (o uso de um bom home theater ou fone de ouvido é altamente recomendado – é quase do mesmo nível de um Battlefield 3). Hoje em dia, até se espera que FPSs tenham essa qualidade técnica… Mas o diabo é que normalmente é só isso que eles têm. Syndicate ainda carece de uma história menos previsível (ah, cyberpunk, um dos gêneros mais clichezentos da ficção moderna!), mas de resto, acerta em muita coisa que outros FPSs modernos sequer entendem: desafio, agência do jogador, inteligência artificial que age em conjunto, e co-op que realmente exige cooperação. Portanto, em vez de ficar de mimimi, que tal dar atenção para um FPS que realmente não é genérico, para ver se assim as coisas mudam pra valer?

Um comentário sobre “Melhores de 2012 – Syndicate (PC/PS3/X360)

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s