Metroid: Outros Mimimis

Samus Aran em Metroid: Other MQuem acompanha a série Metroid sabe que, mesmo com a série Prime recebendo algumas das resenhas mais positivas da história dos games, há uma parcela de fãs das antigas que simplesmente não engoliram a transição da franquia para o 3D. Seria de se esperar, então, que Metroid: Other M, com sua movimentação 2D e sistema de controle semelhante ao do NES (com o Wii Remote usado de lado), fosse a redenção desse pessoal.

Porém, as coisas nunca são tão simples, e fãs doentes sempre vão encontrar algo do que reclamar – especialmente quando se trata de uma desenvolvedora como a Nintendo, que se preocupa mais em fazer bons jogos do que embalar as idiossincrasias de uma meia-dúzia de autoproclamados “maiores fãs da franquia X”.

Samus Aran e o trabuco na sua cara

Desta vez, Metroid está nas mãos do estúdio responsável por uma das franquias de ação mais frenéticas que existem, Ninja Gaiden – o que, supostamente, não combinaria com Metroid. Além disso, foi revelado que o jogo será de “ação cinematográfica”, com transições diretas entre cenas de corte e partes jogáveis, incluindo mais da história de nossa mercenária espacial favorita – o que, aparentemente, também não combina com a série…

Já que críticas serão inevitáveis, este blog apresenta a vocês, leitores, em primeira mão, as principais reclamações que vocês vão ler sobre Metroid: Other M daqui a cerca de vinte dias em qualquer site, fórum ou blog de fãs da franquia. Podem me cobrar depois: o artigo estará aqui para conferência. Por enquanto, leiam antes de todo mundo!

“A transição de 2D para visão em primeira pessoa não é ‘intuitiva'”

Metroid: Other M - Visão em 1ª pessoa

Se um pessoal não gostou da mudança para 3D em primeira pessoa em Prime, não há Cristo que os convença que qualquer coisa que não seja progressão lateral funcione em Metroid. Ter que virar o Wii Remote para mudar de plano, então, só adiciona o medo do desconhecido à desconfiança – não importa que todos os previews até agora tenham dito que alternar entre os dois modos pode ser estranho no início, mas que o jogador se acostumará rapidamente. Vale também lembrar que o modo 3D está lá apenas para fazer buscas ao seu redor, e você não pode se movimentar quando estiver nele.

{{{{{ }}}}}

“Com tantos diálogos e história, Samus deixou de ser misteriosa / O mundo de Metroid deixou de ser impessoal”

Samus falando, para variar (em Metroid: Other M)

Pode apostar que isso vai ser dito mesmo que Other M tenha menos diálogos do que um jogo de tiro em primeira pessoa qualquer. Pouco importa, também, que a decisão de partir para este lado tenha vindo do mesmo diretor que vem trabalhando na série desde o início, quando co-criou o primeiro Metroid… E importa menos ainda que esta orientação cinematográfica permita um extra inédito no mundo dos games: a possibilidade de se assistir ao jogo todo condensado em 2 horas, como se fosse um filme, após completá-lo. E vocês aí achando que gamers gostam de novidade… Faz-me rir.

{{{{{ }}}}}

“Oh noes!!! Samus de meia-calça!! Estão sexualizando a moça!”

Um dos finais de Super Metroid, com Samus de biquíni

Sim, foi mencionado de passagem na entrevista de Satoru Iwata com os responsáveis por Other M que Samus aparece de meia-calça em uma cena. Obviamente, esse detalhe será usado fora de contexto – e ninguém se lembrará de mencionar que a meia-calça aparece em uma cena de corte que fez o diretor da série Metroid, Yoshio Sakamoto, literalmente chorar de emoção. Isso sem contar que Metroid, por melhor que seja, tem diversos elementos descaradamente chupinhados de Aliens – e ninguém condenou o filme por mostrar Sigourney Weaver de calcinha. Por fim, Samus de biquíni nos primeiros jogos, alguém lembra? Essa cena aí em cima é real, e não criação de fã… Era o que aparecia quando se terminava o jogo abaixo de um determinado tempo.

{{{{{ }}}}}

“Ih, virou um game de ação”

Samus em Ação: Metroid - Other M

Essa não precisa de motivo: todo fanboy de qualquer franquia que não seja FPS ou ação sangrenta sempre solta essa😉 Mas o envolvimento do Team Ninja só atiça o uso do clichê; na cabeça de muitos gamers, estúdios desenvolvedores não conseguem fazer nada além do mesmo jogo – e, portanto, Metroid: Other M já tinha tanta ação quanto Ninja Gaiden antes mesmo de existir. Vamos também ignorar que Metroid e Super Metroid têm bastante ação para games da época (qual a grande diferença entre as imagens acima e abaixo deste parágrafo?), ou que Other M ainda é supervisionado pelas mesmas pessoas que cuidaram dos games Metroid anteriores.

Samus em Ação: Super Metroid

{{{{{ }}}}}

E aí, alguém tem dúvida de que estas reclamações acontecerão? E outras também podem surgir?

Deixem seus comentários – especialmente se virem por aí, daqui a algumas semanas, os mimimis que acabei de mencionar. É só publicar o link para a gente dar risada.

Sem comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s